segunda-feira

Era uma vez uma solteirona...

Querido diário,
era uma vez uma solteirona...que um dia...deixou de o ser. Adeus amigos. Até à próxima. Este diário deixou de fazer sentido uma vez que o meu estado civil vai mudar muito em breve.

sábado

Carta ao Gilberto

Querido Gilberto...Que falta de consideração para com os teus alunos! Deixas este mundo sem qualquer pré-aviso! Nada! Nem água vai!!
Gilberto, querido Gilberto..tanto que nos divertimos nas tuas aulas, tanto que rimos, rimos até chorar...agora choramos sem rir.
Tu...foste, és e serás sempre o meu instrutor preferido...aquele que eu nunca esquecerei, pelo charme, pela inteligência, pelo sentido de humor, pela delicadeza, pela educação. É esta a imagem que guardo de ti, até que um dia, a morte nos junte. Espero que, onde quer que estejas, arranjes um lugarzinho simpático e acolhedor para as nossas amenas conversas sobre literatura, música, futebol, e o tema que me levou conhecer-te: O código da estrada. Será que existem ligeiros de passageiros desse lado ?? E limites de velocidade ?? Vai investigando isso para nos ensinares quando aí chegarmos.
Gilberto, querido Gilberto...levaste parte do meu coração contigo, leva também um beijo meu.
Até um dia...

sexta-feira

De luto...

...pela Memória de um homem fora do comum: o Gilberto. O charmoso Professor faleceu ontem. Paz à sua alma.

terça-feira

O AMOR É LINDO

Só passei por aqui para dizer...que o amor é (realmente) lindo!..Tem sido uma verdadeira lua de mel! Obrigada, amor, pelos dias mais felizes que vivi até hoje! Obrigada por existires...por seres quem és. O meu Príncipe vem buscar-me esta noite, montado num simples Renault Clio mas com uma imensa grandeza de espírito e juntos navegaremos até ao jardinzinho mais próximo para podermos apreciar o bonito luar (mesmo que o céu esteja nublado, só teremos a lua no nosso horizonte).

segunda-feira

Socorro!.. Estou apaixonada!..

Pronto! Voltou a acontecer! Voltei àquele estado lastimoso em que não se vê mais nada, não se pensa noutra coisa ou pessoa, não se deseja estar com mais ninguém. Voltei ao estado "perdidamente apaixonada"! Um estado meio aparvalhado que deixa as pessoas com um risinho parvo na cara e numa espécie de transe. Eu...que me considero das pessoas mais racionais que conheço, estou novamente "apanhadinha do miolo". Mas ele é uma coisinha tão querida! Tão fofa! Fisicamente atraente, um real sentido de humor, um sorriso lindo de morrer! Ele é o Imperador dos meus sentidos. Só é pena que ele não me veja,não leia os meus pensamentos, não sinta nos meus olhos o meu encantamento por ele. ABRAM O CAMINHO! DEIXEM PASSAR ! ESTE HOMEM É MEU!!!

quarta-feira

Um dia de dor de cabeça...

Hoje o dia foi para esquecer. Tinha combinado há já duas semanas atrás ir ver um concerto duma banda que muito aprecio neste fim de semana. A companhia que normalmente me acompanha nestes eventos lembrou-se subitamente que tinha uma festa de aniversário nesse mesmo dia! Passei-me...tá visto!! Já é a segunda vez que perco uma oportunidade de ver esta banda ao vivo (qual banda? qual banda? - perguntam voçês - Delfins ?! Será ??...) À noite compreendeu que colocou a nossa amizade em risco por causa de algumas velinhas num bolo e decidiu manter o compromisso que assumiu há duas semanas atrás de ir comigo a este concerto. Menos mal...mas toda esta situação já foi uma enorme dor de cabeça.

À noite passei-me com o instrutor de condução! É prepotente por demais! Chega ao ponto de irritar as pessoas só para se sentir bem com ele próprio! Felizmente são só mais dois dias até fazer o exame e ver-me-ei livre dele, quer fique aprovada, quer não fique. Já me decidi a mudar de escola no caso de não passar. Mas ainda vou ter a sua "adorável" companhia amanhã durante mais duas longas horas. Recordo com muita saudade os tempos em que o meu instrutor era o charmoso Gilberto: charmoso, simpático, atencioso, educado...Agora tenho de aturar o careca metido à besta com manias de vedeta! Haja muito ben-u-ron para as dores de cabeça. Hoje estou capaz de tomar um frasco inteiro!!

domingo

O esoterismo por alguns minutos...

Esta tarde decidi acreditar no esotérico por alguns minutos. Já fui muito crente em quase todas as ciências ocultas, já discuti muito astrologia. Hoje não ligo a mínima a esse tipo de coisas. Mas...as minhas amigas tiveram curiosidade em saber dos seus amores e desamores e eu lá fui...por arrastamento, descobrir o futuro no presente.
- Gosta de alguém?? Pergunta-me a simpática bruxa..
- Não, de ninguém. Sinto-me absoluta e sinteticamente livre.
Baralhou as cartas, colocou-as na mesa e pediu-me para partir o baralho ao meio com a mão esquerda (mau começo...então não é suposto fazermos tudo com a mão direita ou o pé direito ?! Esta bruxa deve estar a precisar de se actualizar!)
- Não tenho boas notícias, minha querida...o seu amor não vai aparecer enquanto os caminhos estiverem fechados.
Conclusão da bruxa: tenho o coração fechado para o amor. Típico de quem já passou por desgostos amorosos. Disse-me que já tinha tido uma pessoa na vida que me foi muito querida, que me marcou muito. Sim, é verdade.
E assim...esta tarde...decidi acreditar no esotérico por alguns minutos.